Dicas para fechamento de arquivos

Olá, tudo bem?

Se você chegou até aqui, acredito que esteja interessado pelo mundo do design digital, web ou impresso. E para inaugurar esse blog, iremos falar de algumas dicas simples para ajudar àqueles que têm dúvidas sobre fechamento de arquivo.

Nossa pretensão é que, ao final do post, você se sinta mais seguro para enviar seus projetos para impressão sem surpresas no resultado final. Agora chega de “mimimi” e vamos ao que interessa.

Adiantamos que as dicas são independentes da ferramenta que você usa, seja ela Corel Draw, Photoshop, Illustrator, Paint, etc. “Brinks”, ninguém usa o Paint para impresso…será?

1-  Não use arquivos JPEG nas suas artes, o ideal é o formato .tiff  ou envie as imagens em alta, anexados.

Importante saber: os JPEG são arquivos de baixa qualidade tipográfica, esse formato tal como o PNG são destinados para WEB.

2- Usar sempre a escala CMYK ou Pantone, nunca a RGB.

As RGB e Hexacromia são padrões web, sendo assim não as use e certifique sempre de estar trabalhando no modo CMYK.

Importante saber: um dos erros comuns é usar vários tipos de escalas no mesmo trabalho, simplesmente não faça isso! ¬¬

3-  Converta sempre todas as fontes em curvas, todas!

Guarde sempre uma cópia do seu trabalho editável para eventuais alterações de textos, datas, etc, mas quando finalizar o trabalho para enviar para gráfica lembre-se de converter todas as suas fontes (textos) em curvas.

4- Envie sempre os seus trabalhos com “bleeds”, sangrias.

A Sangria ou Bleed nada mais é que um excesso de espaço que sairá do corte no final do trabalho. Para evitar esse problema pergunte sempre para gráfica onde vai realizar o trabalho e que tamanho de sangria preferem.

Importante saber: normalmente uma área de sangria de 3 a 5 mm é o suficiente.

5- Envie um PDF em alta resolução, pelamor!

Aqui na Centralize somos da opinião de que os trabalhos deviam vir em formato fechado em PDF de alta resolução, mas como algumas vezes esses PDF’s não são bem feitos, aconselho a enviar o trabalho no programa nativo (software que você está fazendo) também.

E aí, gostou das dicas? Não concorda com algum ponto? Deixe sua opinião nos comentários, ok?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>